O que podemos esperar da saúde em 2022

Estamos em 2022 e a nova variante Ômicron nos distanciou da tão esperada retração da pandemia. Diversos países, inclusive com condições de vida e sistemas de saúde potentes e níveis elevados de vacinação, estão batendo recordes de contágios dia após dia.

Por enquanto, o que temos como desafio para 2022 é superar a pandemia e a imensa desigualdade sanitária e socioeconômica, buscar uma retomada social e econômica com bases mais equitativas e estabelecer relações mais sustentáveis com o planeta.

O que podemos esperar da saúde em 2022 | Agile Med | Equipamentos e Serviços Hospitalares
Em 2021, a ciência foi protagonista na saúde, tendência que deve continuar em 2022

A relação entre a tecnologia e a saúde em 2022

Entre as tendências para a saúde, o uso da tecnologia aliada ao atendimento ao paciente será o tema central, com diversas ferramentas auxiliando desde a recepção até o diagnóstico do paciente. O foco está na sustentabilidade e funcionalidade.

A projeção é que a maioria dos hospitais e clínicas registrem um menor custo para o atendimento dos pacientes e uma melhoria da qualidade dos serviços com menos erros e retrabalhos em um mundo cada vez mais digital.

Para isso, alguns mecanismos marcarão o mercado em 2022:

  • Consultas em tempo real: as empresas estão cada vez mais focadas em desenvolver soluções que facilitem o acesso ao paciente em tempo real, incluindo a telemedicina, visando ações preventivas para melhorar a saúde através de informações disponíveis para os pacientes. O atendimento com alta qualidade de imagem e boa conexão tende a ficar ainda melhor com o advento do 5G no Brasil, que pode propiciar melhores condições em grandes centros urbanos;
  • Mobilidade: ao invés de um prontuário em papel ou uma simples receita anotada à mão, médicos e enfermeiros passarão a utilizar mais os smartphones, tablets e outros dispositivos móveis, seja para consultas de exames, diagnósticos ou quaisquer outras informações sobre a saúde do paciente;
  • Engajamento: não se trata somente de oferecer uma solução moderna, é preciso que o paciente faça parte do processo. Para isso, as aplicações devem seguir as principais tendências de mercado no que diz respeito à experiência do usuário (UX), buscando um uso intuitivo de cada uma das APPs. Por isso, uma tendência para a saúde em 2022 será a busca pelo engajamento desse paciente através do uso de tecnologias emergentes, como a telemedicina. A colaboração contínua com o auxílio de aplicativos e acessórios conectados e fáceis de usar vão fazer a diferença;
  • Infraestrutura moderna: quando usamos a palavra “infraestrutura” na saúde, costumamos apontar tudo o que é palpável como os equipamentos que compõem um hospital ou clínica. Mas não é só isso. As empresas, além de apostar em ferramentas modernas e robustas, tenderão também a usar tecnologia em nuvem, visando melhorar o acesso, escalabilidade, confiabilidade, disponibilidade e segurança das informações sobre a saúde do paciente.

Transformação digital na saúde: o futuro já chegou

Falar de transformação digital no setor de saúde, portanto, não significa apontar tendências que acontecerão nos próximos anos, mas identificar novidades que já estão em uso hoje, principalmente com o advento da pandemia. A tecnologia tornou-se tão importante quanto os equipamentos médicos.

Diante da diversidade de opções com a evolução das ferramentas de TI, o profissional de saúde precisa estar alinhado com o que há de mais moderno e inovador nessa área, identificando quais soluções podem auxiliar realmente em suas rotinas.

Vias Aéreas Difíceis | Videolaringoscópio | Videobroncoscópio | Insighters | Agile Med Equipamentos e Serviços Hospitalares
Vias Aéreas Difíceis | Videolaringoscópio | Videobroncoscópio | Insighters | Agile Med Equipamentos e Serviços Hospitalares

Quais assuntos e serviços estarão em alta nos próximos meses?

Segurança dos dados digitais

A chegada da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) em 2020, que versa sobre a utilização das informações digitais, apenas reforçou a preocupação de proteger os dados do paciente a qualquer custo.

Entretanto, é em 2022 que o tema ocupa posição de destaque na estratégia de clínicas e hospitais. Principalmente após o ataque cibernético nos servidores do Ministério da Saúde no fim de 2021.

Assim, espera-se um investimento contínuo em soluções inovadoras que resolvam essa questão e protejam os dados dos pacientes que estão migrando cada vez mais para a nuvem com a adoção de prontuários eletrônicos que devem ser certificados pela Sociedade Brasileira de Informática em Saúde.

Inteligência de decisão em saúde

O conceito de inteligência de decisão trata-se simplesmente de uma técnica que visa melhorar a tomada de decisão fornecendo não apenas os dados necessários para isso, mas contextualizando quando, como e porquê.

É uma extensão da análise de dados, que também possui um espaço cada vez mais consolidado na medicina. O objetivo é o mesmo: facilitar a tomada de decisão entre os gestores, mas com vias diferentes. A inteligência de decisão possibilita uma maior contextualização e traz uma visão mais completa, o que é algo essencial para médicos na gestão de seus consultórios.

Adoção de inteligência artificial

O ano de 2022 provavelmente vai ser o mais importante na adoção de inteligência artificial entre hospitais, clínicas e consultórios, garantindo maior eficiência na gestão e na própria consulta.

Essa importância passa pela quantidade cada vez mais elevada de dados que os profissionais precisam lidar em suas rotinas, incluindo diagnósticos, históricos, entre outros. Algoritmos baseados em IA serão utilizados com maior frequência, até mesmo para facilitar a elaboração dos relatórios que irão embasar as decisões futuras.

Equipamentos médico-hospitalares mais modernos

7Lives Helmet | Agile Med Equipamentos e Serviços Hospitalares
7Lives Helmet | Agile Med Equipamentos e Serviços Hospitalares

A pandemia forçou a reinvenção e atualização de vários setores e, com o setor médico, não poderia ser diferente. Desde as teleconsultas aos EPIs, viu-se a necessidade de uma atualização e modernização, tanto pela agilidade no atendimento com o aumento exponencial da demanda, quanto pelos custos. Estar preparado para um aumento repentino no número de pacientes virou a maior preocupação dos hospitais.

Com 10 anos no mercado, a Agile Med sempre se preocupou em oferecer para os seus clientes o que há de mais moderno e eficiente no mercado. Isso se refletiu desde o início da pandemia de COVID-19, quando, em busca de uma solução mais eficaz para a oxigenação dos pacientes, desenvolvemos o 7Lives Helmet, um capacete de ventilação não invasiva, em parceria com a Medicalway.

Quer conhecer mais o que há de mais moderno no mercado médico-hospitalar? Entre em contato conosco!

Solicite um Orçamento